segunda-feira, 27 de abril de 2009

Grandes artistas


Barcelona foi palco de movimentos arquitetônicos, culturais, literários e artísticos importantes. Alguns artistas que fizeram história e marcaram a cidade foram:

- Gaudí, arquiteto enigmático, considerado um gênio. Lutou por uma concepção biológica do universo. Aficcionado pela natureza, avançou desde a arquitetura tradicional a novas estruturas arquitetônicas que lembravam a biologia, os seres naturais. A forma da Sagrada Família lembra uma medusa, como várias de suas obras tiveram inspiração em seres marinhos ou da fauna e flora mediterrânea. Sua obra está impregnada de associações com o mundo natural. Combinava tradicionalismo e modernismo e era um amante do Mediterrâneo. É um ícone de Barcelona e sua obra está por toda a cidade. Faleceu fruto de um acidente automobilístico e não terminou a obra que abraçou de forma mais apaixonada que foi a construção da Sagrada Família.

- Joan Miró, pintor, escultor, e ceramista español considerado um dos máximos representantes do surrealismo español. Na década de 30, Miró manifestou seu desejo de abandonar os métodos convencionais de pintura. Um dos seus grandes projetos foi a Fundación Joan Miró, situada em Barcelona, um centro cultural e artístico para difundir as novas tendências da arte contemporánea.

- Salvador Dalí também um pintor surrealista español, nascido em Figueras, Cataluña. Também foi um excelente desenhista. Uma da suas obras mais conhecidas é "La persistencia de la memoria", de 1931. Los recursos plásticos utilizados por ele incluíram o cinema, a escultura e a fotografía. Era considerado megalomaníaco e narcísico, adorava o dourado e tem forte influência da dominação árabe da península ibérica nas suas obras .

- Picasso, nascido em Málaga em 1881, pintor e escultor español, criador do movimento cubista e um dos maiores artistas do século XX. Pintou mais de duas mil obras. Estudante brilhante, ingressou na Escola de Bellas Artes de Barcelona aos 14 anos.

Uma ótima descoberta, nem tão recente pra mim, é que João Cabral de Melo Neto, nascido em 1920 em Recife, já citado algumas vezes por mim neste blog, foi poeta e diplomata brasileiro em Barcelona. Sua obra poética foi reconhecida por prêmios como o Premio Camões (o mais importante da literatura portuguesa) em 1990, Neustadt International Prize for Literature em 1992, e o Premio Reina Sofía de Poesía Iberoamericana en 1994. Dos inúmeros países em que esteve como diplomata, tinha um especial afeto pela España. Tinha estreita relação com Joan Miró e com o poeta Joan Brossa.

Tudo isso é um pouco de Barcelona e da Espanha. Temos ótimos trabalhos de Picasso, Joan Miró, Salvador Dali também em Madri, especialmente no Reina Sofia. Vale a pena conferir.

2 comentários:

Glenda Dimuro disse...

João Cabral de Melo Neto gostava mesmo era de morar em Sevilla e passear pela Calle Sierpes...hehehe... viveu alguns anos por aqui e escreveu muitas coisas sobre a cidade.

Gaudí foi um dos poucos arquitetos (talvez o único) que me arrepiou literalmente. A Casa Batlló é sensacional!

a estrangeira (Cristina Alcântara) disse...

Todos dizem o quanto Sevilha é encantadora, e tendo João Cabral de Melo Neto como admirador é para poucos.
Quanto a Gaudí, não entendo nada de arquitetura, mas sua obra me impressionou.
Abc,