quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Uma estranha em meu jardim



Nasceu uma flor no meu jardim. Não sei se poderia classificar o que tenho hoje como um jardim (ainda), já que ele está mais para um matagal do que qualquer outra coisa, mas o fato é que nasceu uma bela flor assim do nada, do dia pra noite. De repente ela estava ali. Como não há nenhuma outra da sua espécie, ela se parece mais com uma  intrusa... (ou seria uma estrangeira?!). Por muito pouco não me virei e lhe disse que deveria ter me pedido permissão para aparecer assim na "minha" propriedade, sem mais.  E logo eu que não entendo nada de flor! Por muito pouco não lhe fiz um interrogatório para entender de onde ela vem e o que veio fazer aqui... Me senti meio esquisita cogitando uma conversação com uma flor... pero bueno... Será que ela também nao se sente assim meio esquisita?, será que ñao tem dúvidas se é bem vinda? Com tanto lugar para estar... Enquanto durar essa relação (afinal, o natural é que ela se vá antes de mim - espero), estamos meio desconfiadas uma com a outra. Demorei a perceber que ela traz um novo colorido ao ambiente, um tom mais alegre à monótona paisagem. E ela, o que será que espera de mim? Cuidá-la, talvez? E assim estamos, distantes e confusas.

2 comentários:

Antônio Brito disse...

Que linda! Tem cara de ser uma Gérbera. De repente, ela nem é tão estrangeira, pois uma gérbera não nasce assim, do nada, nos jardins brasileiros. Acho que aí em Buen Ayre elas devem ser mais comuns. Ainda mais no início da primavera. Algum pássaro deve te jogado uma semente no seu jardim. ;)

(A estrangeira) Cristina Alcântara disse...

Deve ser mesmo uma gerbera... Deve ter pousado um estranho pássaro em meu jardim, então... :)
Bj