sexta-feira, 19 de junho de 2009

El Verano



Vem chegando o verão (ou já chegou), como anunciou Glenda. Anlene e Flávia gustcharan e eu também, Javi protesta do calor em comentário, Chris nem se deu conta porque no Mundo de lá é inverno (além de oouuutras coisas), e Gi anda filosofando sobre outros "babados". Mesmo que a blogosfera tenha lá suas distintas visões sobre este e outros temas, me manifesto a favor do... CALOR!!!!! O verão é um regresso. É um “estado” que não me molesta. Quando é inverno, percebo a mínima brisa gelada que parece que vai atravessar os meus ossos e que me hará algun daño, estou sempre me lamentando por que não coloquei aquela bota, aquelas duas meias a mais, o outro abrigo, a bufanda mais grossa, enfim, não tem jeito, o frio ocupa muito os meus pensamentos e mina minhas energias. Ainda assim, reconheço que o verão em Madri é escaldante, diferente do de Recife (só um exemplo). O verão também traz um calor de outro tipo, aquele “calor no coração” tão cantado por Marina Lima. Poder sair livremente sem meias, botas, abrigos, quando não, luva e outros apetrechos, pôr um belo sorriso e exibir o bronzeado, conviver com mais ruído e mais alegria, tudo isso não tem preço. Apesar das reclamações constantes do calor, em geral, as pessoas são mais sorridentes, mais convidativas ao encontro social e mais sedutoras. Todo e qualquer incômodo pode ser saciado ou olvidado, por uma cerveja estupidamente gelada ou um bom tinto de verão. "Ele" combina com tudo: com ousadia, com música, com festa, com colorido, com leveza. O astral, as piscinas abertas e a alegria das crianças que rompem o silêncio das urbanizações... ih! acho que estou me repetindo, por que será? Adoro o verão. Melhor ainda quando se tem praia; e se tem samba?!, "vishe!" nem se fala! Bueno, pensando bem, melhor mesmo é ir pro Brasil, mesmo que ali seja...

inverno.

6 comentários:

Glenda Dimuro disse...

Sevilla é, normalmente, una cidade "callejera" mas com certeza é no verão quando todo mundo fica na rua até altas horas, curtindo a brisa (brisa?) que rola (ou não) pela noite. O fato é que acho que todo mundo acho se cansa de ficar socado em casa e acaba saindo, mesmo que a temperatura ainda esteja sufocante as 22hs. Isso eu gosto, todo mundo sorridente, passeando, se divertindo... Em agosto começa a deprê... Sevilla se esvazia (ou se esvaziava, veremos em tempos de "crisis") já que todo mundo está de férias nas praias.Parece uma cidade fantasma.

Flavia disse...

ha ha ha... Inverno? em Recife?
Depois de passar invernos por aqui, o inverno do mundo de lá será primavera. E tem estação melhor que primavera?

Beijos de verão!

Moni disse...

Ah Cris, acho que conto os dias para o ínicio do verão, sem sol, sem luz não sou eu mesma. E olha que posso dizer que agora até gosto um pouco do inverno, mais só um pouquinho.

Bjos

anlene gomes disse...

Cris, eu também adoooooro madrid + verão. adoro os dias azuis e quentes, e estas estas noites estreladas: é uma delícia! bj

a estrangeira (Cristina Alcântara) disse...

Glenda,
Espero que quando eu voltar, Madri nao pareça uma cidade fantasma como Sevilha em agosto, mas creio que é meio generalizado na época, essa onda de viajar no verao.

Flá, Moni:
Realmente está um inverno primaveril do lado de cá. jeje. E

Anlene:
As noites por aqui também estão estreladas. Besos,

a estrangeira (Cristina Alcântara) disse...

Glenda,
Espero que quando eu voltar, Madri nao pareça uma cidade fantasma como Sevilha em agosto, mas creio que é meio generalizado na época, essa onda de viajar no verao.

Flá, Moni:
Realmente está um inverno primaveril do lado de cá. jeje. E

Anlene:
As noites por aqui também estão estreladas. Besos,